Que marca você está deixando, pegadas ou cicatrizes?

cicatrizes

Há pessoas que passam por nossas vidas deixando grandes mudanças. Pessoa que nos trazem alegria e bom humor.

Com essas pessoas passamos horas conversando e nem vemos o tempo passar. Não podemos deixar de lado o outro lado da moeda, aquelas pessoas que parecem que tem o prazer de nos importunar, pessoas que só com a sua presença já nos trás desconforto.

Em nossa jornada nessa escola da vida encontramos pessoas que temos grandes afinidades espirituais. Pessoas que nos dão um novo sentido de viver, voltamos a sentir prazer em fazer coisas que tínhamos deixado de lado por achar desinteressante. Essas pessoas deixam marcas de amor e companheirismo registradas em nossa linha do tempo.

O outro lado da moeda nos trás as pessoas que quando olhamos com o nosso Ego deixaram marcados em nossas histórias diversas cicatrizes. São dores e feridas abertas que precisamos sempre estar remediando, fazendo limpeza e curativos. São histórias não encerradas ou ciclos não fechados que estão sempre se repetindo no momento presente.

As pegadas são as boas lembranças registradas em nossas memórias espirituais, são energias positivas que nos conecta com o divino. Viver esses momentos nos trás alegria, amor, aprendizado e crescimento. As pegadas são benéficas e nos ajudam a desenvolver o nosso projeto nesse plano físico, mas para o nosso desenvolvimento espiritual o mais importante são aquelas pessoas que nos deixam cicatrizes.

Talvez você não esteja de acordo com esse artigo e acha importante se afastar de certas pessoas. Pensa que não importa a quantidade, mas sim a qualidade das pessoas que estão ao seu redor. Muitas pessoas podem te dizer para fazer uma limpeza no seu ambiente deixando permanecer somente os relacionamentos que resultam em crescimento mútuo. Essa não é a melhor escolha, pois o seu ambiente reflete o seu interior.

O melhor caminho é a reforma íntima, havendo uma mudança interior o seu ambiente refletirá na mesma frequência.

Não é se afastando dos “aparentes problemas” e mudando de ambiente que o problema se resolverá. Os ciclos não fechados do passado sempre se repetirão quando encontrar uma nova oportunidade. Pois todas as pessoas que passam por sua vida tem uma missão a cumprir.

As pessoas que estão nos marcando com cicatrizes são nossos maiores professores. Quando passarmos a olharmos com nossos olhos da alma enxergaremos as lições apresentadas. Se na prova final tirarmos nota 10 com “estrelinhas” essas pessoas não tem mais razão de existir em nossa história. Cumprindo assim a sua missão ou começará a deixar em nossas vidas somente pegadas.

Portando, se algum relacionamento está te trazendo desconforto, elimine o Ego e procure ver a situação apresentada com os olhos da alma. Você descobrirá quais são os padrões mentais que você precisa mudar que essa pessoa está te mostrando. Se não aproveitar a oportunidade que está tendo e usar a caminho mais fácil, a fuga, não se preocupe essa situação se repetirá no futuro. Talvez muda-se o personagem, o figurino e o cenário, mas o enredo continuará o mesmo, afinal o ciclo tem que ser fechado.

As pessoas que estão nos marcando com cicatrizes, deixando nossas vidas em muitos momentos de cabeça para baixo e nos trazendo todo tipo de desconforto são na verdade nossos grandes anjos. São nossos professores de mestrado e doutorado nos apresentando as melhores lições.

Grande abraço, gratidão sempre!

Se gostar do artigo compartilhe o link em suas redes sociais e deixe o seu comentário logo abaixo.

Direitos autorais da imagem de capa: pixabay

cicatrizes

Que marca você está deixando, pegadas ou cicatrizes?
Avalie esta postagem

Receba Grátis o Ebook: Guia Prático Para Uma Vida Feliz

wilson Pereira Figueredo

Psicólogo e Psicoterapeuta Holístico com Especialização: Saúde mental e Tanatologia Autor dos Livros: Escola da Vida... Caminho para a Felicidade - O Grande Encontro - Câncer... Por que Comigo?

Website: http://simplesmentehoje.com/

6 Comentários

  1. Ivo Milchert

    Parabéns Wilson por mais um texto excelente e profundo!

Deixe o seu comentário