Os Sete Cavaleiros Fatais Para o Triunfo Segundo Napoleon Hill

como obter o triunfo

Desde o nascimento até a morte, todo ser humano precisa combater esses inimigos. O nosso triunfo na vida será medido, em grande parte, pelo modo de dirigir ou combater estes terríveis cavaleiros. Se pudéssemos nos ver como os outros nos veem, os inimigos que a nossa personalidade abriga poderiam ser descobertos e eliminados.

Os sete inimigos enumerados aqui são os mais comuns, e conseguem arremessar milhões de homens e mulheres no fracasso, sem nunca serem descobertos. Analise-se o leitor cuidadosamente e veja quantos, dentre os sete cavaleiros, está dando abrigo.

Se tais inimigos cavalgassem livremente, em cavalos reais, não seriam tão perigosos, pois poderiam ser cercados e postos fora de combate. Mas andam sem ser vistos, nas mentes humanas, e o fazem de maneira tão silenciosa e sutil que a maioria das pessoas nem se apercebe da sua presença.

INTOLERÂNCIA

Bem à frente vem o mais perigoso e o mais comum desses cavaleiros. O leitor poderá considerar-se feliz se descobrir tal inimigo e proteger-se contra o mesmo. Esse cruel guerreiro, a INTOLERÂNCIA, tem matado mais pessoas, destruído mais amizades, causado mais miséria, sofrimentos e guerras do que todos os outros seis males.

Este inimigo da humanidade fecha a mente humana, faz retroceder a razão, a lógica e os fatos. Se o leitor odeia aqueles cujo credo religioso é diferente do seu, pode estar certo de que o mais perigoso dos sete cavaleiros fatais cavalga ainda no seu espírito.

A VINGANÇA e a AVAREZA te afasta do Triunfo                                                                                            

cavalheiroEm seguida, vemos a VINGANÇA e a AVAREZA. Esses dois males sempre andam lado a lado. Encontrando-se um, pode-se ter a certeza de que o outro está perto. A AVAREZA deforma de tal maneira o cérebro do indivíduo que ele desejaria poder construir um muro em torno da terra e conservar o resto da humanidade do lado de fora.

É o inimigo que leva o homem a acumular milhões de que não necessita e que nunca poderá gastar. É o inimigo que faz com que um homem tire até a última gota de sangue do seu semelhante.

E graças a VINGANÇA, que anda sempre lado a lado com a AVAREZA, o infeliz que abriga no cérebro esses gêmeos cruéis não se satisfaz com arrebatar os bens materiais dos seus semelhantes; quer destruir também a sua reputação.

A AVAREZA e a VINGANÇA se postam nas encruzilhadas da vida e atiram na miséria e no fracasso inúmeras pessoas que poderiam trilhar a estrada do triunfo. Assim, deve ser um dos objetivos do leitor não permitir que eles o assaltem, quando se aproximar de uma dessas encruzilhadas.

EGOÍSMO e a SUSPEITA 

Voltemos agora à atenção para dois outros gémeos de destruição: O EGOÍSMO e a SUSPEITA. Observemos que também eles andam lado a lado. Não há esperança de triunfo para a pessoa que sofre de amor-próprio demasiado ou da falta de confiança nos outros.

Se não temos confiança nas outras pessoas, não temos também em nós a semente do triunfo. A SUSPEITA um germe prolífico. Se conseguir germinar, multiplica-se rapidamente, até não deixar mais lugar para a CONFIANÇA.

Sem fé, nenhum homem poderá desfrutar um triunfo permanente. Se quisermos adquirir poder, cultivemos a fé na humanidade. Onde existe a SUSPEITA nasce o egoísmo. Interessemo-nos pelos outros, e ficaremos logo tão absorvidos que não teremos tempo para ceder ao egoísmo.

O homem que pode esquecer a si mesmo, quando empenhado em servir os outros, jamais é vítima da SUSPEITA. Estudemos os que nos cercam e veremos que aqueles que nutrem SUSPEITAS e EGOÍSMO raramente conseguem êxito na vida.

CIÚME

Na retaguarda desse grupo de cavaleiros fatais, vemos ainda O CIÚME e outro, cujo nome foi omitido de propósito. Cada leitor deve fazer um exame de consciência e dar ao sétimo inimigo o nome que achar mais conveniente.

Alguns o chamarão DESONESTIDADE. Outros o chamarão PROTELAÇÃO. Algunscavalheiro terão a coragem de chamá-lo de DESEJO SEXUAL DESCONTROLADO. Ponha o leitor o nome que quiser, mas não deixe de batizá-lo.

Talvez a sua imaginação dê um nome adequado a esse companheiro do CIÚME. Encontrará talvez mais facilidade para dar um nome a este cavaleiro, se souber que ele representa uma forma de loucura conhecida como “demência precoce”.

Verá que o CIÚME vem logo depois da SUSPEITA. Alguns dos leitores dirão que CIÚME e SUSPEITA deviam viajar lado a lado, pois um sempre conduz o outro. O CIÚME a forma mais comum de insanidade mental. Atinge tanto os homens como as mulheres; algumas vezes tem uma causa justa, porém a maioria das vezes é injustificada.

Este cavaleiro fatídico é um dos que proporcionam mais casos de divórcio!

Mas não procure o leitor enganar-se. Talvez faça parte das vítimas, O objetivo deste artigo é ajudá-lo a ver em que classe se encontra. Se for uma vítima da miséria, do fracasso e da pobreza, em qualquer das suas formas, não tenha dúvida que descobrirá instalado no seu cérebro.

Não se engane! Aqueles que já atingiram o Verdadeiro SUCESSO, inclusive felicidade e boa saúde, já afastaram do seu caminho estes sete cavaleiros.

REFERÊNCIA: A Lei do triunfo (Napoleon Hill)

Se você gostou do artigo deixe o seu comentário logo abaixo e compartilhe o link com os seus amigos. 

Um forte abraço e sucesso sempre!

Os Sete Cavaleiros Fatais Para o Triunfo Segundo Napoleon Hill
Avalie esta postagem

Receba Grátis o Ebook: Guia Prático Para Uma Vida Feliz

wilson Pereira Figueredo

Psicólogo e Psicoterapeuta Holístico com Especialização: Saúde mental e Tanatologia Autor dos Livros: Escola da Vida... Caminho para a Felicidade - O Grande Encontro - Câncer... Por que Comigo?

Website: http://simplesmentehoje.com/

Deixe o seu comentário