Felicidade: em qual momento do caminho nos perdemos?

Diversos são os caminhos, mas somente um te conduzirá a Verdadeira Felicidade.

Acredito que o principal objetivo de todo ser humano é encontrar a Verdadeira felicidade. Movidos por esse desejo nessa busca incessante estamos sempre procurando novos caminhos e ferramentas que nos lhe auxilie nessa jornada. Criamos novas tecnologias, novas formas de trabalhos e novos modelo de gestão de pessoas. 

Com novos modelos de trabalhos e tecnologia de ponta a oferta de bens e consumo atinge a qualidade máxima. Com a preocupação de satisfazer o consumidor os prestadores de serviços e os fabricantes lançam todos os dias dezenas de novos serviços e produtos.

Com esse comportamento do mercado, cria-se no indivíduo um padrão mental de consumo. Afinal você não pode ficar para trás, a sociedade exige que você ande na moda. Dentro de um padrão estabelecido pela mídia de uma pessoa bem sucedida.

Nessa busca contínua em satisfazer os desejos de nosso ego, esquecemo-nos de nossa principal missão. Com esse padrão mental damos mais importância aos valores materiais. Vamos nos moldando dentro das características que a sociedade aceita como pessoas de sucesso.

Olhando por esse prisma podemos nos perguntar: quais os valores que a sociedade tem como padrão de pessoas felizes? Quais as principais características dessas pessoas para a sociedade?

Poderemos responder essas perguntas prestando atenção nos modelos ultrapassados de educação. Nos meios de comunicação que insistem em formar padrões do consumismo e imediatismo.

felicidade

Nos muitos modelos de sistemas escolares que não formam cidadãos pensantes. Nos critérios infundados que utilizamos na avaliação de uma pessoa. Também podemos responder essas perguntas fazendo uma boa reflexão sobre a expectativa que temos em relação à felicidade de nossos próprios filhos.

Ser sempre o melhor, estar sempre na frente, ter o melhor carro, a melhor casa, o melhor salário, a namorada ou o namorado mais bonito, a melhor escola para os filhos e a roupa da moda. São essas as características que grande parte da sociedade considera primordial para encontrar a felicidade.

Encontramo-nos em um momento excepcional para nosso desenvolvimento. É inacreditável a sofisticação de ofertas e infinitas possibilidades que podemos encontrar por toda parte. A mídia nos apresenta diariamente dezenas de pessoas que estão de posse das características citadas acima.

São indivíduos considerados pela sociedade pessoas de sucesso, possuem os melhores bens de consumo e tem acesso aos melhores modelos de educação do país.  Mesmo com toda a facilidade que encontram ao consumo e a um bom sistema de educação podemos constatar nessas pessoas certo grau de insatisfação tanto no coletivo como no individual.

No outro lado da rua na direção contrária desse padrão mental, vem ressurgindo um movimento que considero essencial para que o ser humano encontre a Verdadeira felicidade. Esse movimento está sendo direcionado para que o ser humano coloque em primeiro lugar em sua vida os valores espirituais.

São milhares de pessoas que buscam uma nova dimensão que dê sentidos as sua vidas e assim vivencie a Felicidade continuamente.

Somente poderão desfrutar da Verdadeira felicidade aqueles que estiverem em harmonia com sua essência divina. Nesse sentido poderemos desfrutar dessa felicidade quando estivermos dispostos a servir.

Entraremos em harmonia com o nosso projeto Sagrado quando traduzirmos em ações concretas em nossas vidas e nas dos outros a manifestação do Amor, do Perdão e da Gratidão. Procurar a felicidade nos valores matérias será sempre uma busca inútil. Muitas das pessoas que estão nesse caminho, a mídia nos apresentam como indivíduos depressivos, ansiosos e muitos estão sendo acusados em processos judiciais.

Com os valores materiais você poderá atingir as necessidades momentâneas relacionadas ao seu Ego, mas será incapaz de alcançar a felicidade que necessita seu espírito. Viemos para esse plano com a missão de manifestar o Amor. Em que momento da estrada nos perdemos? Não é fácil percorrer esse caminho, mas é o único que nos levará a Felicidade.

Portando vale a pena investir nessa direção. Será gratificante seguir o conselho do grande mestre, “em primeiro lugar o Reino de Deus e sua Justiça e as outras coisas lhe serão acrescentada.” Enquanto buscarmos primeiro as “outras coisas” estaremos caminhando contra nossa missão na terra.

À medida que avançamos no caminho do Amor, iremos compreendendo a nossa razão de ser. Vamos nos tornando mais compreensível e assumimos a responsabilidade de fazer o outro feliz.

Que assim seguimos nesse caminho!

Um grande abraço, gratidão sempre.

Se gostou do artigo compartilhe o link em suas redes sociais e deixe o seu comentário logo abaixo.

Direitos autorais da imagem de capa: pixabay

Felicidade: em qual momento do caminho nos perdemos?
5 (100%) 18 votes

Receba Grátis o Ebook: Guia Prático Para Uma Vida Feliz

wilson Pereira Figueredo

Psicólogo e Psicoterapeuta Holístico com Especialização: Saúde mental e Tanatologia
Autor dos Livros: Escola da Vida… Caminho para a Felicidade – O Grande Encontro – Câncer… Por que Comigo?

Website: http://simplesmentehoje.com/

2 Comentários

  1. Clarete

    Gratidão sempre, pela oportunidade de poder refletir seus belos textos .

Deixe o seu comentário