Espero, gostaria, talvez: 3 palavras que em determinadas frases devemos evitá-las

Espero… Gostaria… Talvez…

Três frases que talvez você esteja usando diariamente e nem se dá conta que inconscientemente acabou criando um sistema para justificar as suas protelações.

– Espero que no futuro as coisas se resolvam!

– Gostaria que as coisas não fossem assim!

– Talvez, lá na frente tudo vai dar certo!

Quem já não disse ou ouviu alguém falar uma dessas frases. Toda vez que fazemos uso de uma dessas sentenças, na verdade estamos tentando justificar o fato de estarmos na inércia. É uma forma de justificativa para não agirmos no agora.

Espero que…

Quantas vezes esperamos que determinada situação resolva por si só e no final restam as lamentações de não ter feito nada para ajudar na resolução. Infelizmente muitas pessoas trazem de muitas vidas o padrão mental da procrastinação. Estão sempre adiando algo: Uma decisão, seus afazeres, compromissos, é a velha mania de “deixar tudo para depois”.

Por trás desse hábito está um dos sete pecados capitais a preguiça. Característica de pessoas que vive em estado de  negligência, desleixo, morosidade, que a leva à inatividade acentuada.  Esperar que as coisas se resolvam sem fazer a sua parte pode ser uma forma de esconder o medo da crítica, o receio de errar ao tomar decisões.

Gostaria que…

Toda vez que você diz ‘gostaria’, pode ser um sinal que você deixou de fazer a sua parte em determinada situação. Você se deixou levar pelo comodismo e não saiu de sua zona de conforto. Estar inserido em um ambiente onde as pessoas tem o hábito de estar sempre protelando seus compromissos, sempre será um local propício para as derrotas e fracassos. 

Talvez…

“talvez amanhã”, um hábito que muitas pessoas têm de procrastinar a felicidade. Os momentos são únicos, afinal, conforme diz Heráclito: “Ninguém pode entrar duas vezes no mesmo rio, pois quando nele se entra novamente, não se encontra as mesmas águas, e o próprio ser já se modificou”.

Não iremos encontrar as mesmas oportunidades duas vezes. Quando usamos a frase espero… gostaria… talvez… estamos criando uma rota de fuga ou um movimento de evitação. Ficamos esperando que outras pessoas façam aquilo que é de nossa responsabilidade. Esperamos que algo “caia do céu” e resolva todos os nossos problemas.

Viva o hoje, que é a única existência verdadeira. Faça tudo o que é de sua responsabilidade no aqui e agora. No futuro nada se resolve, pois só existe o momento presente.

O amanhã não é garantido para ninguém. Vamos ser feliz nesse momento! Assim se o amanhã não chegar não perdemos a oportunidade de vivermos nesse mundo nossa melhor versão.

Um grande abraço e gratidão sempre.

Se esse artigo fez sentido para você, partilhe sua opinião conosco na seção de comentários abaixo e compartilhe o link em suas redes sociais. 

Direitos autorais da imagem de capa: Pixabay

Espero, gostaria, talvez: 3 palavras que em determinadas frases devemos evitá-las
5 (100%) 2 votes

Receba Grátis o Ebook: Guia Prático Para Uma Vida Feliz

wilson Pereira Figueredo

Psicólogo e Psicoterapeuta Holístico com Especialização: Saúde mental e Tanatologia Autor dos Livros: Escola da Vida... Caminho para a Felicidade - O Grande Encontro - Câncer... Por que Comigo?

Website: http://simplesmentehoje.com/

Deixe o seu comentário